Toronto – Dia 21 – Ski em Horseshoe Valley

Depois de uma semana venho aqui contar pra vocês como foi a minha primeira experiência esquiando!

Esquis e Snowboards

Depois de 3 semanas aqui, fui esquiar! Comprei o passeio pela escola por um preço extremamente justo! O passeio incluía a viagem até o Horseshoe Valley Resort, o aluguel dos esquis e botas, 1 hora de aula e o dia esquiando pelo resort!

Chegamos lá em torno das 10 horas e fomos direto deixar as coisas no locker e em seguida pegar as botas e depois os skis. Isso levou quase uma hora devido a quantidade de pessoas que estavam lá!

Com os esquis nos pés era hora de fazer uma aula básica de como esquiar, ali aprendemos que se impulsionarmos usando os poles não paramos (só esqueceram de dizer que normalmente você não precisa impulsionar hahahaha), e também nos ensinaram a freiar!

Saí de lá e fui pra colina mais baixa que tem no resort. Desci aquela colina umas quatro vezes e já chegou a hora do almoço. Ali, nenhuma dificuldade, a colina é pra quem nunca esquiou na vida, como eu, e está aprendendo o básico do processo! Mas depois dessas quatro descidas achei fácil demais, queria uma descida mais longa, onde eu tivesse mais tempo descendo pra compensar a longa espera na fila do lifter!

Lifter

Como a colina 1 era a mais fácil, e a maioria das pessoas ali eram iniciantes, então eu tinha que esperar 30 minutos pra poder subir de novo, e isso estava me irritando hahahaah odeio esperar!

Então, depois do almoço resolvi ir a uma outra trilha que estava marcada no mapa da estação como “Fácil”! Eu, no auge da minha inocência, acreditei!

Peguei o lifter que levava àquela trilha e quando cheguei lá em cima olhei pros lados e não vi nenhuma que parecia fácil, pelo menos pra mim!

Perguntei então pra uma pessoa do resort que estava ali perto e ela me indicou a direção que eu deveria seguir! Olhei, olhei de novo e cheguei à conclusão que eu teria que ir, já que uma vez lá em cima, só a uma maneira de descer… esquiando!

O que me assustou na realidade foi o começo da trilha, que tinha uma descida um pouco mais íngreme que o resto dela! Ali eu via pessoas descendo na maior tranquilidade numa velocidade que pode ser considerada normal, mas eu, acredito que por causa da equação (peso x força da gravidade), não conseguia ir nessa velocidade normal, comecei a ir rápido! Tentei então diminuir a minha velocidade, foi quando caí a primeira vez! Depois de rir muito sozinho, me levantei, recoloquei o esqui que tinha soltado do pé direito e retomei a minha descida! Mais alguns metros e lá fui eu pro chão novamente, dessa vez de cara! Ri mais um monte, quase não consegui levantar de tanto que eu ria… levantei, coloquei o esqui novamente e voltei a descer. Quando percebi que estava indo novamente muito rápido pro que se espera daquela pista, decidi que não iria tentar frear, já que as experiências anteriores não tinham sido das melhores! hahahahahah

Final da trilha "Fácil", vista da base da montanha

Resolvi ir fazendo grandes curvas dentro do possível e me concentrei pra não acertar ninguém, já que a pista estava bem cheia! Tinha bastante gente caindo pelo caminho, e eu não queria acertar ninguém, essa era minha maior preocupação! Na verdade, eu me senti muito mais seguro enquanto eu ia rápido do que enquanto eu tentava diminuir! E assim eu segui até o fim da descida, e foi extremamente divertido!

Para evitar acidentes (quanto maior o gordo, maior o tombo! Certo?), voltei pra pista básica!

Pista básica e fila pro lifter

Desci mais algumas vezes, me diverti horrores vendo o pessoal caindo nessa que é a pista mais suave de todas, e acabei com as pernas bem cansadas, principalmente por ficar 25, 30 minutos na fila pro lifter após cada descida, que durava mais ou menos 1 minuto, não mais do que isso!

Até então a minha câmera estava no locker, e como já estava cansado, resolvi retornar os esquis e pegar a câmera pra fotografar um pouco a área, já que o lugar é muito bonito!

Devo ressaltar que o dia estava bem nublado e nevava constantemente, mas é lógico que Murphy não podia ficar de fora, e logo depois que eu bati as primeiras fotos, já receoso por causa da neve que molhava a câmera, a tempestade de neve chegou de vez, e era impossível tirar o equipamento naquelas condições, por isso, deixo vocês aqui com as 13 fotos que tirei, mas na minha memória muitas outras imagens ficaram registradas!

Toronto – Dia 21 – Ski

Related Posts with Thumbnails
Share

3 Comentários

  1. Que legal Andrew!!! Um passeio e tanto!! Muitas experiências inesquecíveis!! Beijos!!! Estamos com bastante saudades!!

  2. Aiii que saudades do Deer Valley!!! Um dia desses vamos esquiar juntos!!!

  3. Devia ter tentado snowboard, quem faz diz que é “addictive”. Sensacional sua experiência, rachei de rir imaginando você concluindo que o único jeito de descer era esquiando e tendo que decidir se ria ou tentava levantar depois de cada tombo! Super feliz por você, cara!

Deixe uma resposta